Dom Bosco

João Bosco nasceu no dia 16 de agosto de 1815, em Castelnuovo d’Asti, na Itália. Perdeu o pai quando ainda tinha dois anos de idade e foi educado por sua mãe, Margarida Occhiena. Com ela, Joãozinho Bosco aprendeu a ser um “bom cristão e um honesto cidadão”. Aos nove anos de idade, ele teve um sonho que lhe ficou para sempre impresso na mente e no coração. Sonhou que estava em um campo, em meio a jovens que brigavam e se transformavam em animais ferozes. Joãzinho tentava controlar a situação com violência, colocando-se entre eles e dando-lhes socos e pontapés. Eis que, então, surgem Maria e Jesus e lhe indicam um novo caminho: “Não com pancadas, João, mas com a mansidão e com a caridade é que deverás conquistar estes teus amigos”, palavras orientaram toda sua ação educativa.

Dom Bosco foi ordenado sacerdote em 1841 e, depois disso, dedicou-se aos jovens mais pobres que viviam pelas ruas de Turim. Inspirado pelo Espírito Santo e amparado pela Divina Providência, construiu Oratórios, um lugar onde dos jovens podiam aprender um ofício, brincar e, principalmente, fazer experiência de Deus. No oratório os jovens viviam a eficácia do Sistema Preventivo, método e espiritualidade, que está na base da educação salesiana. O oratório era uma verdadeira família e permitia ao jovem um desenvolvimento integral e sadio, a fim de que pudesse assumir a vida como dom e missão.

Com o passar do tempo, Dom Bosco convidou alguns de seus jovens para ajudá-lo na desafiante tarefa de educar os meninos que o Senhor lhe confiava. Com o sim de alguns, foi iniciada a Sociedade de São Francisco de Sales (os Salesianos de Dom Bosco). Em tudo o que fazia, Dom Bosco via a mão materna de Maria, especialmente venerada sob o título de MariaAuxiliadora.
Em 1872, Dom Bosco junto com Maria Domingas Mazzarello fundou o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, destinado a fazer pelas meninas tudo aquilo que Dom Bosco fazia pelos meninos. Um outro grupo criado por Dom Bosco é formado por homens e mulheres que se identificam com o carisma salesiano e são chamados Salesianos Cooperadores. Outro grupo criado por ele é a Associação de Maria Auxiliadora, com o objetivo de fomentar a devoção àMaria Auxiliadora. Assim foi inciado por Dom Bosco o “amplo movimento em favor da juventude”, que hoje conta com trinta e um grupos, em todos os continente.
Dom Bosco nos deixou no dia 31 de janeiro de 1888. Foi canonizado em 1º de abril de 1934 e declarado Pai e Mestre da Juventude pelo Papa João Paulo II, em 31 de janeiro 1988.